domingo, maio 16, 2021

BeDuet ao vivo no Convento Madre de Deus da Verderena

 


28 maio | 21h00

Convento Madre de Deus da Verderena - Barreiro

Concerto Primavera - BeDuet 

O BeDuet é composto por Sérgio Neves, guitarra acústica e elétrica, e Nuno Faria, contrabaixo e percussão, artistas já com grande experiência, tendo passado por várias formações em vários géneros musicais.

Deste seu novo projeto, as suas composições oscilam entre a animação da música improvisada e peças minimalistas com arranjos que inspiram recolhimento e sugerem uma sonoridade mais ambiental.

As gravações do seu primeiro álbum “Marés Suaves” ficaram concluídas em 2019.

Escutadas ao vivo, as composições do BeDuet são um daqueles raros encontros que ninguém ignora e jamais esquecerá, pois o som absorvido na sua essência, é-o, também, no seu inverso, no seu arquétipo, mas, igualmente, na sua sombra – uma surpresa do início ao fim. 

Público-alvo: Todas as faixas etárias | Limite de Inscrições – 24 pessoas 

Duração: Aproximadamente 60 minutos | Atividade gratuita | Inscrições a partir do dia 24 de maio – 212 068 654

Uso obrigatório de máscara.

+ INFO : convento@cm-barreiro.pt 

Oiça Aqui: https://www.youtube.com/watch?v=t5YzyOB2u-8

sexta-feira, maio 14, 2021

Livro sobre férias : PRÓXIMO DESTINO - PORTUGAL

 

Um guia de Portugal com curadoria dos autores do blogue Viajar entre Viagens 52 propostas que prometem inspirar todos os viajantes.

 Conhecer melhor o próprio país é um desejo de muitos portugueses e em contexto pandémico é uma das melhores soluções para uns dias de descanso e aventura. Próximo Destino – Portugal reúne as sugestões e roteiros de Carla Mota e Rui Pinto, autores do premiado blogue Viajar entre Viagens e chegou às livrarias no passado dia 6 de maio. 

Com 52 destinos, um para cada semana do ano, este livro retrata o que Portugal tem de melhor, um país com uma vasta diversidade de paisagens, tradições e costumes. Dividido em quatro grandes áreas: Trilhos e Passadiços, para quem gosta do contacto com a natureza, Na Estrada, para quem quer conhecer Portugal mais a fundo, Escapadinhas urbanas e rurais, para quem tem pouco tempo, e Praias, Cascatas e Piscinas Naturais, para os amantes de água e de sol. Guia e companheiro de viajem, Próximo Destino – Portugal quer também ser uma fonte de inspiração, para que os leitores não escolham os destinos apenas em função do tempo e do orçamento disponível, mas pelo desejo e pela vontade de partir, adaptando os roteiros de acordo com as suas preferências. Autores dos livros Próximo Destino e Viagem pela Rota da Seda, Carla Mota e Rui Pinto criaram o blogue Viajar entre Viagens em 2008, e o que começou por ser um hobby transformou-se num fenómeno de popularidade, que tem vindo a acumular prémios desde 2014. 

Venceu a categoria de blogue com melhor conteúdo na promoção do turismo sustentável da FITUR 2018, arrecadou quatro galardões em outras tantas edições da Bolsa de Turismo de Lisboa e foi distinguido pela Momondo e também pela Media Capital

. +INFO: https://www.portoeditora.pt/produtos/ficha/proximo-destino-portugal/24576303

terça-feira, maio 11, 2021

Castelo de Marvão

 


O Castelo de Marvão situa-se a 843 metros de altitude, num dos pontos mais elevados na Serra de São Mamede, denominado Serra do Sapoio. A Serra é bastante escarpada, constituindo um ponto de defesa natural, com possibilidade de acesso apenas pelo lado Este, onde se desenvolveu a povoação intramuros. Daqui era possível observar a fronteira com o país vizinho e a localidade espanhola de Valencia de Alcántara, por onde se aguardou a entrada dos exércitos inimigos por diversas vezes.

 O conjunto, muito bem conservado, resulta numa sobreposição de fortalezas, que correspondem a vários períodos de construção bem documentados. Do tempo da conquista cristã por D. Afonso II (séc. XII) datam poucos troços de muralha, o portal românico da Torre de Menagem, as Portas da Traição e a cisterna pequena. Nos finais do séc. XIII, D. Dinis ordenou que se fizessem obras de melhoramento e reforço, identificadas nas portas de arco quebrado e na cerca urbana. Nos séculos XV e XVI, reforçaram-se as entradas, alterou-se a Torre de Menagem para a estrutura actual e construiu-se a cisterna grande.

 Os baluartes da Porta de Rodão, Porta da Vila, do Fortim e da Rua Nova são já construções tardias, do séc. XVII, de uma campanha de obras que teve como objectivo reforçar a defesa durante as Guerras da Restauração da Independência entre Portugal e Espanha (1640-68). Nos finais do século, foram alteradas algumas orientações das torres de vigia e modificadas as entradas no recinto do castelo. Construiram-se então o Forno do Assento e as Oficinas da cidadela, já desaparecidas.

 Para além das particularidades militares, o Castelo de Marvão é sobretudo apreciado pela paisagem envolvente. Por isso, vale a pena percorrer Marvão pelo corredor da muralha terminando na Torre de Menagem, de onde, como diz um ditado popular, "se vêem as costas dos pássaros" quando voam.

terça-feira, maio 04, 2021

E que tal um passeio pela maior ponte suspensa do mundo? ( 516 metros )

 

 

A ponte 516 Arouca é a maior ponte pedonal suspensa do mundo e está localizada em Arouca, no distrito de Aveiro, Portugal. Com 516 metros de comprimento e uma elevação de 175 metros, faz a ligação entre as margens do Rio Paiva.

 Enquanto percorre a ponte, terá uma vista deslumbrante sobre a Garganta do Paiva e a Cascata das Aguieiras, ambos geossítios do território UNESCO Arouca Geopark.A Ponte 516 Arouca está localizada em Arouca, junto aos famosos Passadiços do Paiva. Venha experienciar!

+ INFO: https://ponte516arouca.com/

domingo, abril 25, 2021

Cinco países estão livres de Covid-19

 


Enquanto em alguns países do globo os casos de Covid-19 continuam a aumentar, há locais onde não se registam novas infecções há um mês 

Os confinamentos e medidas restritivas devido à pandemia ainda são uma realidade em muitos países, inclusivamente Portugal, cerca de um ano depois de ter surgido a Covid-19. No entanto, há já cinco locais que não registam nenhum novo caso de infeção por SARS-COV-2 nas últimas quatro semanas. Estes locais estão espalhados pelos quatro cantos do globo, segundo a análise do Deutsche Welle (acesso livre, conteúdo em inglês), com base nos dados oficiais.

 Na Ásia, é o Tajiquistão que se destaca por não ter novos casos, enquanto na América é em São Cristóvão e Nevis que não se contam novas infecções.

 Pela Europa, apenas o Vaticano se vê livre de novas infeções por Covid-19 há pelo menos um mês. Já na Oceânia, os locais onde não identificaram casos nas últimas semanas são as ilhas Marshall e Samoa. 

Para ler a noticia completa, clique AQUI 

Foto: Ilhas Samoa

25 de Abril, Sempre!!

 

"Revoltarmo-nos contra a tirania é obedecer a Deus." 

Thomas Jefferson

 Viva a Democracia, Viva a Liberdade!

domingo, abril 18, 2021

Aborto, vacinas e imaginação moral

Os estudiosos que defendem o recebimento das vacinas para COVID-19 não devem minimizar ou deixar de lado as preocupações de que essas vacinas foram produzidas com a ajuda do aborto. Enfrentar o problema de forma mais completa não deve descartar a vacinação, mas nos ajudará a entender melhor as profundezas de nosso enredamento nessa cultura moderna da morte.

Os cristãos hoje enfrentam uma variedade de novos e profundos desafios aos ensinamentos morais da Igreja, e o fazem em meio a uma cultura cada vez mais indiferente ou hostil às reivindicações metafísicas da Igreja. 

Dentro desse contexto mais amplo, a chegada das vacinas COVID-19 com ligações históricas ao aborto apresenta não apenas uma pergunta a ser respondida, mas também uma oportunidade para os cristãos desenvolverem uma imaginação moral mais robusta. Todas as vacinas COVID-19 atualmente autorizadas para uso nos Estados Unidos ou no Reino Unido fazem ou fizeram algum uso das chamadas linhas celulares "imortalizadas", como HEK293, que foi originalmente produzida usando "os restos mortais de um falecido por nascer criança após o que parece ser um aborto eletivo que aconteceu na Holanda durante o início dos anos 1970 ”.

Essa descrição vem da amplamente divulgada “Declaração de Acadêmicos Católicos Pró-Vida sobre a Aceitabilidade Moral de Receber Vacinas COVID-19” do Ethics and Public Policy Center . Esses estudiosos católicos concluem corretamente que os cristãos podem tomar as vacinas COVID-19 sem colaborar com o mal do aborto. Tomar a vacina não endossa o aborto que possibilitou a produção de linhagens celulares imortalizadas, nem desrespeita os restos mortais de bebês abortados, nem exige ou incentiva diretamente futuros abortos. 

 No entanto, a declaração EPPC falha em considerar como um endosso inequívoco dessas vacinas tem o potencial de malformar nossa imaginação moral, e não reconhece que esse endosso pode ser explorado para apoiar a relação simbiótica em curso entre a pesquisa científica e a indústria do aborto. 

Em outras palavras, a declaração apresenta como totalmente não problemático o que na verdade é uma escolha complexa entre bens concorrentes, desperdiçando assim uma oportunidade de formar a consciência do cristão de forma mais completa.

Para ler o artigo completo, AQUI

sábado, abril 10, 2021

Hoje foi dia de missa antecipada na Igreja Matriz de Lagoa

 Destaco parte da II leitura.

"E os seus mandamentos não são pesados,
porque todo o que nasceu de Deus vence o mundo.
Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.
Quem é o vencedor do mundo
senão aquele que acredita que Jesus é o Filho de Deus?"
 
Leitura da Primeira Carta de São João 5
 


 

quinta-feira, abril 08, 2021

Hoje fui visitar o Castelo de Loulé.

 

O castelo de origem árabe, reconstruído no séc. XIII, possuía um grande perímetro amuralhado, parte do qual ainda é visível.

Voltada para a Rua da Barbacã destaca-se uma torre albarrã, de alvenaria, datada da Baixa Idade Média. Outra das torres visíveis é a denominada Torre de Vela, também esta uma torre albarrã, de taipa, localizada na antiga Rua da Corredoura, actual Rua Engenheiro Duarte Pacheco, e perto desta destaca-se a Porta de Faro, que ainda conserva traços da primitiva construção almóada. No arrabalde sul, ou Mouraria, à saída da Porta de Faro, após a reconquista, foi destinada uma área aos mouros forros que receberam foral de D. Afonso III, em 1269. Era nestas ruas que estariam localizadas as instalações artesanais, a comprovar pelos topónimos outrora ou ainda hoje existentes.

Não existem vestígios da primitiva alcáçova, no entanto pressupõe-se que estaria situada no mesmo local onde hoje se encontra a alcaidaria que alberga vários espaços culturais (Museu Municipal; Cozinha Tradicional; Centro de Documentação com hemeroteca, fototeca, bibliografia e estudos variados sobre a história local e regional, personalidades, acontecimentos e outros).

Conservam-se, pela cidade, as muralhas almóadas de taipa, construídas, ou pelo menos, reforçadas no século XII, as quais são visíveis em pequenos tramos, camuflados por casas que foram sendo construídas adossadas à mesma, e outros panos de muralha que foram sendo descobertos em recentes intervenções efectuadas pela autarquia.

quarta-feira, abril 07, 2021

Ermida de Nossa Senhora da Conceição - Loulé

Rezei na Ermida de Nossa Senhora da Conceição ( Séc. XVII) em Loulé que é um pequeno templo de nave única muito característico do chamado estilo chão.

Apesar da simplicidade arquitetónica, o interior da ermida contém vários tesouros artísticos, caso do retábulo barroco em talha dourada com algumas imagens de grande qualidade, em especial a de Nossa Senhora da Conceição.

Igualmente interessante é o conjunto de azulejos figurativos alusivos à vida da Virgem e que ornamentam as paredes da ermida. Provenientes de Lisboa em meados do século XVII, revelavam já elementos da estética rocaille.

Por fim, é de mencionar a pintura do teto que representa Nossa Senhora da Assunção, obra de 1841 da autoria do pintor louletano Joaquim José Rasquinho.
 

terça-feira, março 30, 2021

Fé em vez da crendice

 

Quantas vezes já ouviu dizer que se você se cruzar com um gato preto vai ter azar?

Quantas vezes se recusou a passar por baixo de um escadote? 

 Mesmo nos chamados tempos modernos em que a objectividade e a racionalidade são mais valorizadas, são raras as pessoas que não nutrem secretamente crenças irracionais ou superstições. As superstições servem muitas vezes para satisfazer necessidades emocionais do indivíduo como a rejeição, a solidão e o fracasso. 

 Para lidar com emoções como o medo e a ansiedade, reforçadas pela predisposição humana para a fantasia e para a preguiça mental, recorre-se aos encantamentos e aos amuletos, aos rosários de contas pendurados por aí e medalhinhas exibidas em redor do pescoço. Também a ideia de nós sermos os únicos responsáveis pelo nosso destino e que Deus nos deu o livre arbítrio é assustadora para alguns. Muitas pessoas procuram refúgio em crenças e depositam a sua confiança em coisas absurdas, sem nenhum nexo . 

Nalguns casos o medo leva a que entreguem todo o seu pensamento crítico a um líder, um guru que se lhes ordenar passar um cheque, obedecem sem hesitação, porque recusar significa terem de enfrentar a própria liberdade. 

Veja o artigo completo, AQUI

quinta-feira, março 25, 2021

Oração do Papa Francisco que uniu o mundo em tempos de pandemia há um ano.

 


Exactamente um ano após a oração que fez sozinho no adro da Basílica de São Pedro, em plena pandemia, o Papa Francisco decidiu oferecer a todos os bispos portugueses o livro “Por que vocês estão com tanto medo? Ainda não têm fé?”, editado pela Dom Quixote, em conjunto com outros seis países europeus, esta semana.

O Dicastério para a Comunicação do Vaticano, responsável pela edição original do livro que reúne as orações, mensagens e imagens do Papa no ano passado, fez questão de enviar aos bispos portugueses a obra, com uma carta assinada por Paolo Ruffini, prefeito do Dicastério para a Comunicação do Vaticano e Monsenhor Lúcio Adrian Ruiz, secretário da mesma organização.

“Tendo reorganizado as fotos, textos e vídeos daquela extraordinária oração pelo fim da pandemia, o Dicastério decidiu partilhá-las, para que permaneçam fixadas na memória e sejam recordadas”, lê-se na missiva, onde se reproduz na íntegra o inesquecível momento de oração presidido pelo Papa, num Adro da Basílica de São Pedro deserto, pelas 18h00, do dia 27 de Março de 2020, a que assistiram centenas de milhões de fiéis pela TV e pelas redes sociais.

A carta explica ainda que o livro pretende que o leitor tenha “uma oportunidade de parar, para repensar a nossa própria vida e recomeçar renovado, com um novo olhar sobre os irmãos e sobre o mundo.” E depois descreve as duas partes interligadas que compõem “Por que vocês estão com tanto medo? Ainda não têm fé?”: a oração e o ensinamento. “Com a oração de 27 de Março de 2020 o mundo parou, junto com o Santo Padre, para rezar e implorar misericórdia. Na oração, o Papa exortou, como fez Jesus com seus discípulos, a ter fé, porque com Ele no barco não se pode naufragar. Com o ensinamento, fomos convidados a um sincero exame de consciência, para compreender o que é verdadeiramente essencial, para analisar a maneira como agimos nas grandes e pequenas circunstâncias, para entender onde nos perdemos e como reencontrar o caminho”, continua a ler-se na carta, onde se diz que a oração de 27 de Março foi para todos, não somente para os crentes, já que pretendeu ser um evento ao mesmo tempo universal e pessoal.

“Através deste livro, o Dicastério deseja consignar à História as imagens e palavras, a fim de iluminar o caminho que virá, conscientes de que não podemos permanecer em silêncio sobre o que vimos e ouvimos. Esperando que este presente seja do seu agrado e possa ajudar a fazer desta crise uma oportunidade de crescimento e mudança, confiante de que o Senhor está connosco, mesmo durante a tempestade, e nos diz: ‘Por que vocês estão com tanto medo? Ainda não têm fé?’” termina a missiva personalizada para cada um dos bispos portugueses e datada de 25 de Março.

terça-feira, março 16, 2021

O que vai sobrar de nós?

 


“É um erro popular muito comum acreditar que aqueles que fazem mais barulho a lamentarem-se a favor do público sejam os mais preocupados com o seu bem-estar.” 

 Edmund Burke (1729-1797)

Somos fiéis seguidores desta doutrina do confinamento que nos impuseram para a prevenção da pandemia. Desde março de 2020 que somos servos do isolamento social. Em períodos mais ou menos longos, durante todo o dia ou parte dele, em todas as situações ou em parte delas. Um vai-vem constante que quebra relações sociais, aumenta a precariedade e as desigualdades.

A medida extrema é vista como um chamamento para a “cura” da pandemia de COVID-19. Afinal, o que fez de nós o confinamento? Os idosos são um dos grupos etários que mais consequências sofrem com o isolamento. Num estudo do Centro de Investigação em Neuropsicologia e Intervenção Cognitivo-Comportamental da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra sobre o impacto da pandemia do Covid-19 no bem-estar físico e psicológico de idosos, especialmente no desenvolvimento de psicopatologia e no risco de declínio cognitivo, divulgado pela TSF, em 25-11-2020, concluiu-se que as medidas de isolamento provocaram um declínio acelerado da autonomia, capacidades cognitivas e funcionais dos idosos que não vivem em lares.

 A interação social que funcionava como ‘capa protetora’ deixou de existir e as consequências estão à vista. Sem contacto com familiares ou outros entes queridos para se protegerem da morte por Covid-19, arriscam, agora, perder a vida por solidão. Os reais danos do isolamento nos idosos só o tempo o poderá demonstrar, pois “voltar à rotina” nesta idade será certamente um objetivo difícil de alcançar.

Veja o artigo completo, AQUI

domingo, março 14, 2021

Arrepiante: Parabéns "Herois do Mar"

Andebol - Portugal 29 - França 28

Apuramento Épico para os Jogos Olímpicos 2021.

 A seleção portuguesa de andebol bateu, este domingo, a França por 29-28 em Montpellier, e apurou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio, com um golo de Rui Silva nos derradeiros segundos a ser decisivo. A seleção Nacional entrou mal no jogo, esteve a perder por seis golos (7-2 e 9-3) mas recuperou até ao intervalo, quando tinha menos um golo do que os franceses.

Na segunda parte, com muitos nervos e emoção à mistura, a equipa de Paulo Pereira esteve sempre na luta e alcançou um triunfo histórico para o andebol português com Rui Silva a marcar em contra-ataque após recuperar a bola na defesa, a cinco segundos do apito final.

quinta-feira, março 11, 2021

23 respostas sobre o novo desconfinamento

 


Depois de quase dois meses de confinamento, o país vai voltar a abrir. Será um desconfinamento progressivo, a “conta-gotas”, indicou primeiro-ministro, alertando que o cenário pandémico está melhor do que há duas semanas, mas pior do que em setembro.

A recomendação é, por isso, de cautela, estando previstas quatro grandes fases de reabertura. António Costa sublinhou que o dever geral de recolhimento vai manter-se enquanto o país continuar em estado de emergência. Depois, se tudo correr bem, entrará em vigor o “dever cívico de recolhimento”, findo o estado de emergência. 

Veja as respostas AQUI

quarta-feira, março 03, 2021

“Não atirem sobre os jovens. Matai-me antes a mim” – implora freira à polícia birmanesa


Um nome, Ann Rosa Nu Thawng, e uma poderosa imagem estão a percorrer o mundo, chamando a atenção para a violência policial sobre manifestantes pacíficos que contestam o golpe de estado de há um mês, das forças armadas da Birmânia: uma freira, ajoelhada diante do pelotão da polícia, implora: “Não atirem sobre estas vidas jovens. Matai-me antes a mim”.

 O caso é relatado ontem, pelo diário vaticano L’Osservatore Romano. 

“A Ir. Ann Nu Thawng, religiosa da Ordem de S. Francisco Xavier – congregação de direito diocesano na diocese de Myityina, no norte da Birmânia –, tinha até então permanecido entre as paredes do seu convento, apoiando com o silêncio, a oração, o encorajamento espiritual, aqueles jovens que desfilavam apaixonados pelas ruas, pedindo liberdade e democracia. Olhava-os com atitude materna e o afeto discreto que os adultos dirigem aos adolescentes e aos jovens tão repletos de ideais, de sonhos, de energias voltadas para o bem. [Nesta segunda-feira, dia 1], no entanto, sem delongas, transformou esse apoio moral numa ação corajosa que se revelou decisiva para evitar uma carnificina

segunda-feira, março 01, 2021

Covid 19 - Evolução de novos casos e óbitos

 



 Gráfico elaborado por: Márcia Santos

 (para ver com mais pormenor clica em cima da imagem)

quarta-feira, fevereiro 24, 2021

Cascais- Cartão Mais Solidário: apoio alimentar a famílias (1.º e 2.º escalão IRS)

 


Candidate-se na sua Junta de Freguesia

Iniciativa da Câmara Municipal de Cascais, em colaboração com o Continente/CascaiShopping e o LIDL, e agora também com a cadeia Pingo Doce, o Cartão Mais Solidário destina-se a munícipes que, no contexto da pandemia, viram comprometida a sua capacidade de assegurar as necessidades alimentares básicas. Comprovados os critérios de acesso e com um intervalo mínimo de 20 dias, serão entregues a cada família três cartões com um valor variável consoante a dimensão do agregado familiar. A Câmara Municipal de Cascais contribui com 66,6% do fundo que suporta este projeto, enquanto o Continente/CascaiShopping, Lidl e Pingo Doce contribuem com os restantes 33,3%.

A quem se destina?
. Munícipes com rendimentos que, comprovadamente, se equiparem ao 1.º ou ao 2.º escalões do IRS e que não recebam outro apoio alimentar regular (PO APMC, inscritos no Banco Alimentar e a beneficiar de Cantina Social ou similares, de Refeitório Social ou da Bolsa Social da Cozinha Com Alma).

Onde e como apresentar a candidatura?
A candidatura deve ser apresentada na Junta de Freguesia / União de Freguesias da área de residência (presencialmente mediante marcação prévia, ou digital, enviando documentos. Confira os contactos abaixo)

Documentos necessários?
. Cartão de Cidadão ou outro documento identificativo com NIF
. Comprovativo de residência na freguesia respetiva: Nota de liquidação do IMI ou da respetiva isenção, recibo de eletricidade, gás ou água;
. Cópia da Declaração de IRS e respetiva Nota de Liquidação (referente ao ano anterior) ou Certidão de Isenção de IRS;
. Cópia de documentos que fazem prova da situação atual face ao trabalho e aos rendimentos (Comunicação de suspensão / cessação do contrato de trabalho, Declaração de receção de Subsídio de desemprego ou RSI, entre outros).
. Formulário de candidatura preenchido e assinado

Quem entrega e qual o valor do cartão?
Após validação da candidatura por parte da Câmara Municipal de Cascais, os cartões serão entregues pela respetiva Junta de Freguesia / União de Freguesias.
O valor do cartão atribuído dependerá da dimensão do agregado:
• Agregados até 3 pessoas – 75€
• Agregados de 4 pessoas ou mais – 100€

Como utilizar o cartão?
Este cartão poderá ser utilizado na cadeia de supermercados respetiva (Continente ou LIDL) exclusivamente para a aquisição de bens alimentares (com exceção de bebidas alcoólicas e alimentação animal).
Após esgotado o valor total do cartão este terá de ser entregue na Junta de Freguesia / União de Freguesias, no prazo de 30 dias, juntamente com os documentos comprovativos da compra de alimentos.

segunda-feira, fevereiro 22, 2021

Covid 19 - Evolução de novos casos e óbitos

 


 Gráfico elaborado por: Márcia Santos

 (para ver com mais pormenor clica em cima da imagem)

sexta-feira, fevereiro 19, 2021

"Uma garrafa, um policia e uma grande mania da perseguição"

 


No outro dia decidi comprar via Olx uma garrafa reutilizável de 2 litros. Uma menina da Tupperware estava a vender umas novas e ficou tudo combinado para ir ter com ela à frente do Hotel Açores na Praça de Espanha. Aquela zona está toda em obras, tive que deixar o carro mal estacionado mesmo em frente ao hotel, e fui procurar a minha vendedora.

Vejo um polícia todo fardado, todo fluorescente a dirigir-se a mim e eu a pensar por qual dos crimes me iria interpelar. Estava fora de casa, em pleno confinamento, mal estacionada e com dinheiro na mão para estabelecer um negócio no meio da rua. Continuei a caminhar e percebi que vinha mesmo ter comigo. Começo a perceber um volume azulado na mão direita dele dentro de um saco de plástico transparente. Era a garrafa. E ele era a minha amiga do Olx. Ri-me nervosa e expliquei que não estava à espera. Ele sorriu sem perceber bem o que é que eu não estava à espera, até porque eu não expliquei, deu-me a garrafa e eu perguntei se era mesmo nova. Atenção, perguntei ao polícia se não estava a ser enganada com uma garrafa em segunda mão. Ele disse que era nova, dei-lhe 15€ para a mão. Ao pé da estrada, os carros a passar devagar e eu a passar dinheirinho vivo para a mão do polícia. Ele passou-me a mercadoria e adeus bom dia e muito obrigada senhor agente, vou só então recolher-me ao meu dever domiciliário e tirar o carro que está no meio da estrada com 4 piscas.

Porque é que um agente nos deixa sempre nervosos? Mesmo que tenhamos tudo em dia no carro, não haja álcool no sangue, a morada esteja certa na carta, inspecção em dia, seguro pago, luzes bem alinhadas, telefone fora da mão, tubo de escape sem lançar fumarada, eu sei lá, a check-list toda e o senhor polícia pede-nos para parar e todo um nervoso se apodera de nós. No outro dia comentava com uns amigos, que também tenho um bocado a mania da perseguição. Por exemplo tenho um stress que o alarme toque quando saio de uma loja, mesmo que não tenha comprado nada. Tenho sempre medo que venha agarrada a mim uma peça de roupa, presa na perna, no sapato, ou pendurada na minha mala ao passar num corredor e eu seja apontada como ladra, à porta da Zara.

Mas eu juro que nunca roubei nada na vida por isso isto só pode vir de uma vida passada.

Inês Felix

quarta-feira, fevereiro 17, 2021

Início da Quaresma : Quarta-feira de Cinzas na caixa do correio!

 

Quem hoje abrir a caixa do correio na freguesia de Gemeses, no concelho de Esposende, vai ser surpreendido com uma saquinho com cinzas de ramo de oliveira benzidas e uma mensagem de esperança. A iniciativa é do grupo de jovens de S. Miguel de Gemeses, conhecidos como “Embarca”, e Ricardo Azevedo explica que esta foi uma forma de mostrar às pessoas que «a pandemia não deve ser motivo para cancelar tudo mas sim ter tempo para fazer mais». 

Veja a noticia completa AQUI

" Epá depois um dia destes diz qualquer coisa...."

28 de Junho 2019 - À saída do Auditório Augusto Cabrita, o meu amigo António Cordeiro tinha sido reconhecido pela Câmara Municipal. Corri para ele e deu-me um abraço apertado. Nunca mais o vi. Falava com ele na internet, mas devido ao seu estado de saúde era difícil a comunicação, falava por gestos. Faleceu no passado dia 30 de Janeiro 2021. 

Aqui fica a minha pequena e simples homenagem.

segunda-feira, fevereiro 15, 2021

Covid 19 - Evolução de novos casos e óbitos

 Gráfico elaborado por: Márcia Santos

 (para ver com mais pormenor clica em cima da imagem)

domingo, fevereiro 14, 2021

Freira com 117 anos é a pessoa mais velha a recuperar da Covid-19

 

A freira francesa Lucile Randon, conhecida como Irmã André e considerada a pessoa mais idosa da Europa, recuperou da covid-19 a dois dias de celebrar o seu 117.º aniversário, avança a imprensa gaulesa.

Lucile Randon, nascida na cidade de Alés, no Sul da França, a 11 de fevereiro de 1904, teve resultado positivo para o novo coronavírus em 16 de janeiro e foi colocada em confinamento no quarto que ocupa na casa de repouso Sainte Catherine Labouré, em Toulon. "Nem percebi que estava infetada", disse a centenária ao jornal local “Var Matin”. Algumas semanas depois, a irmã Lucile Randon já está recuperada da Covid-19.

 Um porta-voz da residência explicou ao mesmo jornal que a irmã não tinha medo do vírus, embora expressasse preocupação com a saúde dos demais moradores. "Também a preocupava saber se a hora de dormir ou de comer mudaria por estar infetada", acrescentou o porta-voz. A freira é considerada a segunda pessoa viva mais idosa do mundo, atrás apenas da japonesa Kane Tanaka, nascida em 2 de janeiro de 1903.

sexta-feira, fevereiro 12, 2021

Por causa do Covid 19, casal japonês está há um ano em lua-de-mel em Cabo Verde.

 


Os Kataoka viram-se obrigados a permanecer na ilha do Sal, interrompendo uma viagem que reservava apenas alguns dias de passagem por Cabo Verde, antes de seguirem para o continente africano.

Passaram-se semanas e meses e o casal começou a trabalhar a partir do Sal, ao mesmo tempo que divulgava nas redes sociais vídeos e imagens do dia-a-dia no “paraíso”, sobretudo para o Japão, ao mesmo tempo que ficavam célebres em Cabo Verde. 

O sucesso foi tanto que os Kataoka foram recebidos oficialmente pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva. “A história deles é inspiradora”, considerou o governante. Também o Comité Olímpico cabo-verdiano, a pensar nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021 (adiados de 2020 devido à pandemia), decidiu convidar ambos para serem embaixadores olímpicos do país. 

No Japão, vão levantar a bandeira de Cabo Verde. A aventura de Rikiya e Ayumi Kataoka começou em 2019. A viagem de lua-de-mel à volta do Mundo teria passagem por cerca de 25 países. Percorreram oito e ao chegarem à ilha do Sal, a 26 de fevereiro de 2020, foram informados que Cabo Verde fechara as ligações aéreas internacionais para tentar travar a pandemia de covid-19.

 “Pesadelo por estar aqui fechado? Nem pensar! Está a ser a melhor experiência que podia ter para a lua-de-mel. Já estive em mais de 100 países e o oceano aqui em Cabo Verde é único, uma beleza”, contou à agência Lusa Rikiya, profissional de vídeo, que juntamente com a mulher, Ayumi, empregada de balcão, fizeram da pequena ilha do Sal a nova casa. 

 Veja a noticia AQUI

quarta-feira, fevereiro 10, 2021

O concerto do Super Bowl LV este ano foi assim :

 

 Weeknd, o "Starboy" que domina os tops mundiais, foi o escolhido para atuar na final do Super Bowl. A final da Liga Nacional de Futebol Americano aconteceu este domingo, dia 7 de fevereiro, no Raymond James Stadium, na Flórida, e foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais em todo o mundo. Para a atuação, o artista norte-americano reuniu em pouco mais de 14 minutos todos os seus grandes sucessos - uma jogada certeira que conquistou todos os presentes e os milhões (e milhões) de espectadores que acompanharam a transmissão pela televisão ou online. A atuação começou com The Weeknd dentro de um carro, no meio de uma grande cidade de luzes. Acompanhado por um coro com trajes brancos e máscaras futurista - com olhos vermelhos e brilhantes (um 'cumprimento' aos Daft Punk?) -, o músico deu o pontapé de saída com "Starboy", single de 2016 que bateu recordes nos serviços de streaming.

segunda-feira, fevereiro 08, 2021

Esperança e alegria em “Uma vida à sua frente”

 

Já com milhares de visualizações e a marcar a agenda na Netflix, hoje trago como sugestão de filme “Uma vida à sua frente” que tem como protagonista a lindíssima Sophia Loren (Rosa) com 86 anos, figura icónica do cinema italiano. A veterana atriz voltou a juntar-se ao filho, o realizador Edoardo Ponti, para protagonizar uma história baseada num livro do francês Romain Gary, que já tinha chegado ao cinema em 1977. Na altura, “Madame Rosa” recebeu o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. 

O outro protagonista, Ibrahima Gueye (Momo), que numa excelente interpretação, retrata um pré-adolescente de origem senegalesa, órfão, que tenta ganhar a vida como pode, mesmo que seja preciso traficar droga ou meter-se constantemente em problemas. O filme retrata a história destes dois protagonistas que começa da pior maneira, Momo rouba o saco de compras de Madame Rosa num mercado de rua. Mais tarde é obrigado a devolver o que roubou e pedir desculpa, acabando à sua porta com o médico do bairro que o quer deixar aos seus cuidados, em vez de o confiar à Segurança Social. A viver num humilde apartamento com outros dois meninos sob a sua responsabilidade, Rosa, octogenária de coração fraco mas pulso firme, não se mostra nada aberta à ideia de o acolher.

 Porém, com o passar do tempo e com o aprofundar da relação, é criado um sentimento de proteção para com a firme benfeitora e uma bonita sintonia familiar entre um rapaz de 12 anos e uma octogenária.

 Em tempos de confinamento aqui vos deixo a minha sugestão de um filme simples, emotivo e ternurento. 

A critica deste filme também pode ser vista AQUI

domingo, fevereiro 07, 2021

A sempre bela Lisboa....


Foto: Gonçalo Cruz

À Lisboa das naus cheias de glória

Lisboa à beira-mar, cheia de vistas,
Ó Lisboa das meigas Procissões!
Ó Lisboa de Irmãs e de fadistas!
Ó Lisboa dos líricos pregões…
Lisboa com o Tejo das Conquistas,
Mais os ossos prováveis de Camões!
Ó Lisboa de mármore, Lisboa!
Quem nunca te viu, não viu coisa boa…

Ai canta, canta ao luar, minha guitarra,
A Lisboa dos Poetas Cavaleiros!
Galeras doidas por soltar a amarra,
Cidades de morenos marinheiros,
Com navios entrando e saindo a barra
De proa para países estrangeiros!
Uns pra França, acenando Adeus! Adeus!
Outros pras Índias, outros… sabe-o Deus!

Ó Lisboa das ruas misteriosas!
Da Triste Feia, de João de Deus,
Beco da Índia, Rua das Fermosas,
Beco do Fala-Só (os versos meus…)
E outra rua que eu sei de duas Rosas,
Beco do Imaginário, dos Judeus,
Travessa (julgo eu) das Isabéis,
E outras mais que eu ignoro e vós sabeis.
(…)

António Nobre, in Despedidas: 1895-1899, 1902