quinta-feira, dezembro 01, 2016

Cutubia - Marraquexe


 A mesquita Cutubia ou Kutubiya é a maior mesquita e um dos monumentos mais representativos da cidade de Marraquexe (Marrocos). Seu minarete é o modelo dos das mesquitas de Rabat, com a Torre Hassan e de Sevilha (Espanha) com a Giralda.

O nome deriva do árabe al-Koutoubiyyin, que significa bibliotecário, pois a mesquita costumava estar rodeada por vendedores de manuscritos. A torre tem 69 metros de altura e uma largura de 12,8 metros. O seu interior é constituído por seis salas, uma por cima da outra, atravessadas por uma rampa que permitia o almuadem chegar à varanda da torre. Foi construída no estilo tradicional almóada e a torre é adornada com quatro globos de cobre.

quarta-feira, novembro 30, 2016

GranVia- Madrid


 A Gran Vía é uma das principais ruas da cidade de Madrid, na Espanha. Começa na Calle de Alcalá e termina na Plaza de España.

É uma importante área comercial, turística e de lazer, com os seus muitos cinemas, apesar de alguns terem fechado para dar lugar a teatros para musicais, pelo que o troço da Gran Vía, compreendido entre a Plaza de Callao e a Plaza de España, seja conhecido como a Broadway madrilenha.

sexta-feira, novembro 25, 2016

Guerra na Síria. Entrevista à freira que escapou várias vezes da morte “por minutos”



Guadalupe é uma freira de ideias fortes. Chegou à Síria antes da guerra civil e viu de perto a região tornar-se um inferno. Garante que "a primavera árabe foi uma grande mentira"

 A irmã Maria de Guadalupe Rodrigo, uma freira argentina que viveu durante quatros anos na Síria, escapou à morte por escassos minutos várias vezes. Enquanto viveu em Aleppo, viu um míssil cair a 50 metros de sua casa e habituou-se a dormir ao som das explosões constantes. “Quando uma vez fomos ao Líbano, na primeira noite lá foi difícil dormir, por causa do silêncio”, conta ao Observador. E explica que foi para a Síria porque a sua congregação — o Instituto do Verbo Encarnado — vai para “os lugares onde ninguém quer ir”.

Ver a entrevista completa, AQUI

terça-feira, novembro 22, 2016

" Sem Fronteiras " com Martins Bastos



Banteay Srei é um magnifico templo situado a 25 km do complexo de templos de Angkor Wat, perto da cidade de Siem Reap. Templo de características únicas, foi construido apenas por mulheres nos principios do século X e está composto por pedra avermelhada o que lhe confere um aspecto totalmente distinto dos demais templos existentes na ares.

A cidade de Siem Reap, situada a 5 km do complexo de templos de Angkor Wat, serve de albergue aos milhões de turistas que visitam anualmente os templos, sendo fácil encontrar quartos e comida a preços económicos, bem como diversas ofertas e meios de transporte para os templos. Dica: Alugar uma bicicleta a 2€ día é um experiência interessante.

Os templos mais próximos da cidade são de acesso fácil e plano. No entanto o templo de Banteay Srei está situado a quase 30 km da cidade pelo que uma visita aos templos mais distantes deve ser feita noutro dia e considerando o transporte de um "guia" local nos famosos Tuk-Tuk.

 João Martins Bastos

web: www.martinsbastos.com
web: www.facebook.com/MartinsBastos

domingo, novembro 20, 2016

A não perder :Testemunho da irmã Guadalupe, missionária na Síria




A irmã Gadalupe vai estar em Portugal . Vai dar um testemunho na proxima quarta feira, dia 23, as 21h15m na Igreja da Encarnação em Lisboa.  Apareçam !

sexta-feira, novembro 18, 2016

Bons exemplos : Pessoas excluídas ocuparam primeiras filas em concerto no Vaticano



Algumas das músicas mais conhecidas de Ennio Morricone, compositor italiano vencedor de dois Óscares, foram interpretadas este sábado, no Vaticano, diante de uma audiência que incluiu centenas de pessoas excluídas socialmente, sentadas nas primeiras filas.

Os restantes convidados foram incentivados a fazer doações em prol da construção de uma nova igreja em Moroto, Uganda, e uma escola agrícola no Burkina Faso, revela a Rádio Vaticano. A iniciativa, integrada no Jubileu da Misericórdia para pessoas socialmente excluídas, que decorreu nos últimos dias no Vaticano, contou com a participação da orquestra “Roma Sinfonietta” e os coros da Academia Nacional de Santa Cecília e da diocese de Roma. Os agrupamentos foram regidos por Morricone e também por monsenhor Marco Frisina, diretor do Coro da Diocese de Roma, que dirigiu a execução de algumas composições religiosas, também suas.

Morricone, de 88 anos, estreou uma nova composição, “God, one of us”, tendo conduzido os músicos em alguns dos seus mais conhecidos trechos de bandas sonoras de filmes, como “A missão”, de Roland Joffé, reporta a Reuters Esta segunda edição do “Concerto para a Caridade”, organizado pela ONG “Nova Opera”, pela diocese de Roma e pelo Conselho Pontifício para a Nova Evangelização, entre outros organismos, marca as últimas celebrações do Jubileu Extraordinário, que se conclui a 20 de novembro.

No final do concerto, os jovens do Coro da Diocese de Roma e os voluntários do Jubileu distribuíram uma refeição e uma pequena lembrança para as pessoas carenciadas. Enio Morricone destacou o desejo de Francisco de que o concerto fosse dedicado aos mais necessitados: «É muito importante que um público não seja o rico, mas um público sem dinheiro que possa assistir e escutar esta música, com este Coral, com esta Orquestra, é algo que gosto muito de fazer».

 Rui Jorge Martins - SNPC

quarta-feira, novembro 16, 2016

Crítica de cinema : “O Herói de Hacksaw Ridge”





Mel Gibson, realizador dos filmes "Braveheart" (1995), "A Paixão de Cristo" (2004) , volta agora com a história verídica de Desmond T. Doss ,um jovem que desejava ser médico , sonho esse adiado devido aos escassos meios financeiros da família.

Empenhado em salvar vidas, alista-se no Exército norte-americano para cumprir o que considera ser sua missão: ajudar os combatentes da Segunda Grande Guerra- Batalha de Okinawa, mesmo sabendo que as suas convicções pessoais e religiosas o impossibilitam de possuir uma arma ou matar um inimigo. Num filme muito intenso onde assistimos a imagens de teatro de guerra , vemos o principal protagonista, que apesar do preconceito de alguns dos seus colegas, sozinho, quando todos aguardavam pelo nascer do dia, salvar 75 homens abandonados à morte em território inimigo.

Este feito fará dele o primeiro opositor de consciência a receber a Medalha de Honra do Congresso norte-americano. Doss, transportava sempre consigo uma Bíblia e era admirável as suas convicções cristãs.

 Um bom filme em que acredito terá varias nomeações para os Óscares em Fevereiro 2017.

Cláudio Anaia

Veja também, AQUI

segunda-feira, novembro 14, 2016

Hoje temos Super Lua


A Superlua de segunda-feira será a maior e a mais brilhante desde 1948.

Segundo o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), a melhor altura para se observar a Superlua será quando nasce, às 17h49, uma vez que a estará próxima do horizonte. “O aumento do seu diâmetro vai parecer ainda maior do que a ampliação de 14 por cento causada pela ocorrência de Superlua”, refere o OAL. Por definição, a Superlua acontece quando a diferença entre os instantes de Lua cheia e do perigeu é menor do que um dia e oito horas.

O perigeu lunar ocorre quando a Lua, no percurso da sua órbita, está mais próxima da Terra. Na segunda-feira, às 13h52 (hora de Lisboa), a Lua estará em fase de Lua cheia, tendo passado pelo perigeu, a 356.508,987 quilómetros da Terra, às 11h22.

Os dois acontecimentos estão separados por duas horas e meia.

quarta-feira, novembro 09, 2016

Imoral : "“Eutanásia pode ser uma boa opção para os pobres”

Veja a noticia aqui : http://www.bioedge.org/bioethics/bioethics_article/11071

 Rimantė Šalaševičiūtė, ministra lituana da Saúde, membro do PSD Lituano, declarou pouco depois de tomar posse, em 2014, que a eutanásia deveria ser considerada como uma boa opção para os pobres que não podem pagar os cuidados de saúde … nomeadamente os cuidados paliativos.


Rimantė Šalaševičiūtė, afirmou que a “Eutanásia pode ser uma boa opção para os pobres” e disse claramente que era uma solução para quem não quiser sobrecarregar a sua família, uma vez que na Lituânia não existe estado social, com custos ou com a visão do espectáculo do seu sofrimento. Como se o sofrimento fosse um espectáculo.

 Como se um pobre sofredor devesse ser morto para evitar que os outros o vejam. Este é um dos objectivos de muitos defensores da eutanásia: reduzir custos com despesas de saúde com aqueles que não podem pagar os elevados preços dos cuidados de saúde, encurtando-lhes a vida prematura e deliberadamente. E não se trata só de pobres com doenças terminais. Na mesma ocasião a ministra lituana também considerou a eutanásia como adequada para as crianças com doenças graves. Estas podendo representar custos elevados quando as suas doenças se tornam crónicas ou incapacitantes como as deficiências físicas ou mentais. As declarações da então ministra foram reproduzidas em diversas revistas da especialidade, nomeadamente na BioEdge especializada em bio-ética.

 Em Portugal não tiveram eco. Este é o tipo de solução que o Bloco de Esquerda, proponente de legislação para legalizar a eutanásia, quer para Portugal?

Uma vez a porta aberta, a vida do pobre não valerá nada em face do potencial de redução de custos que o seu assassinato representará. Provavelmente será até o FMI e a União Europeia a exigir a implementação de tais leis para melhorar o deficit orçamental. Rimantė Šalaševičiūtė teve de se demitir, em Fevereiro de 2016, depois de confessar ter tentado subornar um médico.

Texto de Jorge Fonseca de Almeida

terça-feira, novembro 08, 2016

“Before the flood” com Leonardo de Caprio

Em dia de eleições americanas, decidi trazer a este nosso blogue o mais recente trabalho  sobre as mudanças climáticas

 O documentário de Fisher Stevens traz o Mensageiro da Paz da ONU, Leonardo DiCaprio, que nos levará à linha de frente sobre aquela que é para mim uma das principais preocupações da actualidade

O actor conversa com algumas das pessoas mais proeminentes na causa como Barack Obama, o ex-presidente Bill Clinton, o Secretário de Estado John Kerry, o Secretário Geral da ONU Ban Ki-moon e o Papa Francisco.

O vídeo pode ser visto, aqui em baixo,  legendado em português de forma gratuita.

domingo, novembro 06, 2016

Papa lamenta que resgatar bancos seja mais importante que salvar refugiados

"Quando um banco entra em bancarrota, aparecem imediatamente somas escandalosas para o salvar, mas quando há esta bancarrota da humanidade, não há nem uma milésima parte", lamenta.

O papa Francisco lamentou este sábado que sejam destinadas “somas escandalosas” de dinheiro para salvar bancos em dificuldades, mas não se invista “nem uma milésima parte” na ajuda a refugiados e migrantes.

“Que se passa no mundo de hoje que, quando um banco entra em bancarrota, aparecem imediatamente somas escandalosas para o salvar, mas quando há esta bancarrota da humanidade, não há nem uma milésima parte para salvar esses irmãos que sofrem tanto?”, questionou o papa, citado pela agência EFE.

Veja a noticia completa AQUI

sexta-feira, novembro 04, 2016

Uma criança que lê será um adulto que pensa


Fomentar a leitura em qualquer idade sempre é sinônimo de enriquecimento, mas incentivar esse hábito entre os mais jovens da sociedade é uma garantia total de um futuro melhor. Uma criança que lê irá se convertendo em um adulto com ideias próprias e uma mentalidade firme, capaz de questionar o que a cerca e de compreender mais facilmente seu lugar no mundo.

 Uma criança que lê será um adulto que pensa, porque não há um domínio maior do conhecimento do que aquele que nos oferecem os livros. Quando lemos nos nutrimos de imaginação e raciocínio que os outros depositaram em folhas em branco, e somos mais receptores quando nos abrimos: as crianças, sem preconceitos, são capazes de ler com toda a sua gama de emoções depositadas na leitura.

Veja o artigo completo AQUI

quarta-feira, novembro 02, 2016

Contra os pseudo politicos




“ Aquilo que estamos assistir no Barreiro e por este Pais fora é que a grande maioria dos pseudo políticos que nos governam , movimentam-se por interesses partidários , pessoais e estratégicos.
 Os Pseudo políticos que nos governam esqueceram se das pessoas, esqueceram- se da sua principal missão. Entrei na vida politica por defender causas, estar próximo dos mais pobres , dos doentes e ajudar a resolver problemas ás pessoas, por isso tive e tenho muitos problemas”

Veja aqui a noticia completa : http://www.distritonline.pt/claudio-anaia-demite-se-da-comissao-politica-do-ps-e-coloca-o-seu-lugar-de-autarca-a-disposicao/
 

domingo, outubro 30, 2016

Os 13 filmes que a Disney vai refazer em carne e osso





A Disney já experimentou antes recriar grandes personagens animadas com atores reais. Pois bem, prepare-se para mais clássicos transformados. Mostramos-lhe os que estão nos planos. A ideia de transformar as personagens preferidas dos filmes de animação em pessoas “reais” não é nova.

Dos “101 Dálmatas”, passando pela “Alice no País das Maravilhas” e pelo “Livro da Selva”, já muitos atores encarnaram algumas destas figuras. E não é só no grande ecrã que os heróis, os malvados e as princesas ganham vida. A série de televisão da ABC, Era Uma Vez, que é transmitida em Portugal pelo AXN White, tem vindo a explorar as aventuras dos protagonistas dos contos de fadas.

 A Disney quer continuar a fazer novas aventuras com as personagens de sempre. Com uma nova adaptação a estrear em março de 2017, o novo filme “A Bela e o Monstro” é um dos títulos mais aguardados do início do próximo ano. (O trailer no video acima)

 E esta é apenas uma das 12 adaptações que a Disney pretende fazer dos grandes clássicos que produziu ao longo das últimas décadas. Na galeria que aqui publicamos, revelamos os títulos que terão direito a remake com gente de carne e osso.

Fonte : Jornal Observador

sábado, outubro 29, 2016

Curto, Bonito e Sábio...‏


Conta-se que no século passado, um turista americano foi à cidade do Cairo no Egito, com o objetivo de visitar um famoso sábio. O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito simples e cheio de livros.

 As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco. - Onde estão seus móveis? Perguntou o turista. E o sábio, bem depressa olhou ao seu redor e perguntou também: - E onde estão os seus...? - Os meus?! Surpreendeu-se o turista. - Mas estou aqui só de passagem! - Eu também... "A vida na Terra é somente uma passagem...

No entanto, alguns vivem como se fossem ficar aqui eternamente, e esquecem-se de ser felizes." concluiu o sábio.

Autor desconhecido

quinta-feira, outubro 27, 2016

Obrigado dos cristãos perseguidos




CitizenGO é uma Fundação espanhola registrada com o número 1582, nascida da experiência e da amizade de um grupo de pessoas ansiosas por trabalhar a serviço da sociedade, de modo que a dignidade da pessoa humana e os direitos inerentes a ela sejam respeitados em todas as áreas.

Partindo de uma visão cristã do ser humano e da ordem social, nós queremos oferecer a todos os cidadãos uma ferramenta de participação e aprimoramento de nossa sociedade. O homem é um ser racional (inteligente), livre (responsável por suas ações), moral (capaz de distinguir o bem do mal) e foi criado à imagem de Deus. Deste modo, o homem é superior ao restante do universo; é um valor em si.

O site da organização pode ser visto AQUI

segunda-feira, outubro 24, 2016

A maior viagem de comboio do mundo começa em Portugal



Foi notícia recentemente e depressa as redes sociais difundiram a novidade – a maior viagem de comboio do mundo começa em Portugal. São 17 mil quilómetros da Estação da Campanhã, no Porto, até ao destino final – Hanói, no Vietname.

Veja na foto (clicar em cima ) os passos da viagem. Conte com 13 dias de viagem, dez escalas em sete países, atravessando 12 e tendo um custo a rondar 1700 euros por pessoa.

sábado, outubro 22, 2016

" Sem Fronteiras " com Martins Bastos


 Sri Lanka, uma pequena ilha situada a sudoeste da Índia, banhada pelo oceano Índico, é um país multi-cultural e cheio de atracções turísticas. Os seus templos Budistas milenares, as suas praias de água morna e areias brancas e a vida selvagem constituem os principais motivos para visitar este maravilhoso país.

 Em Dambulla, encontramos o Templo Dourado, situado no acesso ao Templo da Gruta de Dambulla (Património da Humanidade). Este templo é conhecido não só pelas dezenas de estátuas de Buddhas em fila, mas também pela enorme estátua dourada, a qual dá o nome ao Templo, situada no topo do mesmo.

 Dica: Sri Lanka é um país muito pobre, mas muito seguro, relativamente organizado e limpo. Viajar de cidade em cidade em autocarro é a maneira mais rápida e conveniente, mas uma viagem no famoso Slow-Slow, carinhosa alcunha aos lentos comboios que atravessam o pais, é garantidamente uma experiência única, recheada de paisagens lindíssimas.

quinta-feira, outubro 20, 2016

Fome: Cáritas Europa apela a medidas «urgentes» contra flagelo que ameaça «800 milhões de pessoas»

A Cáritas Europa publicou uma mensagem para o Dia Mundial da Alimentação (16 de outubro) em que defende medidas “urgentes” e de “longo prazo” contra o flagelo da fome, que ameaça “800 milhões de pessoas”.

 A organização católica realça que “uma em cada nove pessoas em todo o mundo sofrem de subnutrição crónica”, um flagelo quase exclusivamente concentrado “nos países em vias de desenvolvimento”. A “fome e a pobreza são atualmente as causas principais da imigração forçada e dos fluxos de deslocados”, que “ao longo do último ano atingiram o valor recorde de 65 milhões de pessoas”. A Cáritas Europa recorda que na agenda adotada pelos líderes mundiais até 2030, no âmbito do Desenvolvimento Sustentável, está previsto como objetivo “o fim da fome, garantir a segurança alimentar e a nutrição e promover a agricultura sustentável”.

 O organismo destaca a necessidade “da União Europeia e dos seus Estados-membros aumentarem o seu apoio ao desenvolvimento (…) assegurando assim que o comércio europeu, e as políticas ligadas à agricultura, à energia e à indústria vão ao encontro dos objetivos traçados contra a fome, a desigualdade e a pobreza”. “No Dia Mundial da Alimentação, queremos prestar tributo a todos quantos perderam as suas vidas ou meios de subsistência na luta contra a fome e a subnutrição”, refere a Cáritas Europa, recordando também os “pequenos agricultores” que no seu quotidiano veem muitas vezes negado o acesso a um mercado “justo” e a um “rendimento digno”.

Ficando assim muitas vezes impedidos de “produzir o suficiente para alimentar as suas famílias”, acrescenta a Cáritas Europa. A organização católica liga depois a questão do desenvolvimento sustentável à luta contra “as alterações climáticas, cujo impacto nas regiões mais desfavorecida é catastrófico”. Só a “falta de chuva ou um tempo incerto são suficientes para tornar infrutífero o esforço incansável” de um agricultor que apenas quer “produzir o suficiente para a sua sobrevivência, ou retirar “um rendimento suficiente para pagar e educação dos filhos ou cuidados de saúde essenciais”, recorda a Cáritas Europa.

segunda-feira, outubro 17, 2016

Setúbal é um mundo !




Quatro filmes promocionais produzidos pela Câmara Municipal de Setúbal foram selecionados para a final do FIACULT – Festival Internacional de Audiovisual do Comércio, Cultura e Turismo, a realizar em novembro, em Itália. “Setúbal, é um Mundo” foi um dos filmes selecionados na primeira etapa do FIACULT, realizado a 26 de setembro, em Florianópolis, Brasil, para a categoria “Destino”.

O vídeo, com dez minutos e meio de duração, de setembro de 2015, mostra a paisagem da Serra da Arrábida, a zona ribeirinha, o estuário do Sado, as praias, os monumentos históricos e a gastronomia, bem como eventos culturais.

sábado, outubro 15, 2016

Muros e pontes no caminho de Guterres por António Bagão Felix



Todos os dias há pedras no caminho. Das pessoas. Das comunidades. Dos países. Do Mundo. A globalização económica – com aspectos meritórios – não as limitou tanto quanto seria necessário. Como disse João Paulo II, será preciso associá-la à “globalização da solidariedade”. E o que se tem feito, no Mundo, com as pedras? Mais pontes ou mais muros? Parte da resposta deu-a Bento XVI na Encíclica “Caritas in Veritate”: “a sociedade cada vez mais globalizada torna-nos (mais) vizinhos, mas não nos faz (mais) irmãos”.

 São necessárias pontes, muitas pontes. Para um desenvolvimento pleno, autêntico, libertador, pluridimensional. Um desenvolvimento associado à ética e à responsabilidade. Aos direitos e aos deveres. À justiça distributiva e não apenas à justiça comutativa. À afirmação do princípio da subsidiariedade para “governar a globalização”. À necessidade de suplantar a hegemonia da ideologia tecnocrática. Ao “ser mais e melhor” e não apenas “ao incremento do ter”. À sustentabilidade social, demográfica e geracional que erradique a primazia da lógica estrita do curto-prazo.

Já o Papa Francisco denunciou a “cultura do descartável”, e a nova idolatria do dinheiro, “que governa em vez de servir”. Disse, ainda, que a crise que atravessamos tem na sua génese uma explicação antropológica profunda: a da negação da primazia do ser humano e a insuficiente (e deficiente) tutela do bem comum. “Instaura-se uma nova tirania invisível, às vezes virtual, que impõe, de forma unilateral e implacável, as suas leis e as suas regras”, escreveu numa sua Exortação Apostólica.

O “muro da vergonha” (Berlim) caiu em 1989, mas não desapareceu a vergonha dos muros. Foi, sem dúvida, um momento de genuína expectativa, uma enorme oportunidade para construir pontes. Edificaram-se algumas, abriram-se novas oportunidades, mas foram mais os muros que mais se ergueram ou se fortaleceram. Há ainda muros (só falando dos físicos) entre as duas Coreias, entre partes da Índia e do Paquistão e do Bangladesh, num terço da fronteira entre os EUA e o México, entre a Geórgia e a Ossétia do Sul, Marrocos e Saara Ocidental, Ceuta e Melilla, Israel, Cisjordânia e Gaza, Nicósia, entre outros. A situação agravou-se agora com políticas simplistas e egoístas de rejeição de refugiados, deslocados e desesperados. Levantaram-se novas barreiras entre a Turquia e a Bulgária, Hungria e Sérvia e anunciam-se novos muros que, estranhamente, colhem muitos apoiantes. A tudo isto, a comunidade internacional tem respondido com tibieza, divisão e incapacidade. Na União Europeia, assistimos a puros jogos de palavras, ditas e reditas, acordos de transacção de pessoas por cheques, novos egoísmos que se julgariam fora de uma chamada União, o reacender de nacionalismos que se olhavam apenas como coisas da história. É neste complexo contexto que António Guterres vai desempenhar as funções de Secretário-Geral das Nações Unidas.

Com humildade e gratidão, como ele tão bem resumiu. Cidadão do Mundo e português, Guterres é o homem certo para este tempo de globalização parcelada, insensível, fragmentária, tolhida pelo medo, e com incipiente densidade moral. Tem a experiência, o radical sentido humanista do serviço ao outro, a sageza e a genuinidade ética na concertação de esforços para a verdadeira paz e desenvolvimento. A sua cristalina (este é o adjectivo certo face às manobras de última hora) eleição é para mim, como português, um enorme motivo de orgulho. E, enquanto católico, uma alegria esperançosa.

António Bagão Felix

quinta-feira, outubro 13, 2016

As minhas declarações hoje ao Jornal I sobre António Guterres


"A ideia também é partilhada por aquele que foi, no tempo de Guterres, um porta-voz da ala católica do PS. “O trabalho de Guterres com os refugiados e a postura que teve foram atitudes cristãs e que tudo têm a ver com o Evangelho”, afirma ao i Cláudio Anaia.

O currículo do ex-governante português, defende Anaia, terá sido o que mais pesou na sua escolha para secretário-geral, mas não descarta que “a boa formação que os católicos têm” possa ter influenciado a sua “personalidade” e a sua “formação de caráter”, algo também tido em conta para líder da ONU.

“António Guterres não vai deixar de ser católico por causa das suas funções. Tendo em conta as suas convicções, acredito que isso possa ter influência nas suas decisões”, disse Anaia, recordando as posições do ex-governante relativamente ao aborto."

NATURAL, a curta-metragem que presta homenagem à Educação



Um video espanhol que que presta homenagem ao ensino com a realização deste curta-metragem dirigido por David Ulloa.

 Os seus protagonistas: Veronica Sanchez, Mariano Venancio e Tristan Ulloa acompanhados por sete professores do secundário que foram selecionados no início de 2015, entre mais de 1000 candidaturas recebidas no âmbito da iniciativa" Eu gosto de Educação "

Um trabalho que não perder !!

segunda-feira, outubro 10, 2016

Passatempo IDEYA : Vencedores dos passatempo do mês de Outubro 2016


 

Livro : " "Vencer - citações e pensamentos dos grandes vencedores"

" Vencedores dos passatempo do mês de Outubro 2016 são:
 1- Pedro Bento - Usseira
 2- Rosa Maria Madail - Lisboa
 3- Joaquim Ferreira Leite- São Miguel (Açores)

 Agradeço a todos participantes, voltamos com este passatempo no próximo dia 1 de Novembro 2016.

sábado, outubro 08, 2016

JOVENS DA UNIÃO EUROPEIA PODEM VIR A TER INTERRAIL GRÁTIS AO FAZER 18 ANOS




O Parlamento Europeu vai debater uma proposta para oferecer um Interrail a todos os cidadãos europeus que comemorem o seu 18.º aniversário, como forma de criar um “sentimento europeu” entre os mais novos.

 A iniciativa prevê que todos os jovens da União Europeia, naturais ou residentes legais, recebam um passe gratuito de Interrail aos 18 anos – de forma a poderem viajar de comboio pela Europa. Segundo o Independent, a proposta pretende dar aos europeus “um sentimento de pertença” e surge após o presidente Jean-Claude Juncker ter apelado a uma maior cooperação dentro da UE.

Vejam a noticia completa AQUI

quarta-feira, outubro 05, 2016

"Cultura contra a pobreza": Biblioteca doa livros para escolarização de antigas crianças-soldado



A Biblioteca Solidária Missionária, com sede na cidade espanhola de Valência, vai enviar cinco mil livros para apoiar a escolarização de crianças que foram alistadas como soldados na Colômbia, durante o conflito que durante décadas atingiu o país.

A remessa torna-se possível depois que na segunda-feira foi assinado o acordo de paz entre o Governo de Bogotá e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), após 52 anos de guerra. O carregamento de mil quilos, entre livros e material escolar, é endereçado a centros educativos das populações de Quibdó e Bellavista, depois de um pedido feito pelo bispo diocesano, Juan Carlos Barreto, e da congregação das Religiosas Agostinianas Missionárias, refere o jornal da arquidiocese de Valência.

AQUI a noticia completa

Começa amanhã, a 13ª edição do OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória


Começa amanhã, a 13ª edição do OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, que se perfila como mais uma celebração da criação sem rede, da música sem géneros ou estilos definidos e, claro, da cidade que é parte integrante do Festival. Jamal Moss, histórico produtor contra-corrente de Chicago, é um dos destaques da programação, com duas actuações que ilustrarão o seu amplo espaço de trabalho: a solo enquanto Hieroglyphic Being, e numa formação inédita com o vibrafonista britânico Orphy Robinson, o trompetista nacionalYaw Tembé e o histórico Evan Parker, que, assim, também ele, subirá por duas vezes ao palco da edição de 2016 do festival.

 Da vizinha Espanha acolhemos o pianista Agustí Fernandez, nome grande do jazz europeu finalmente em estreia por terras barreirenses, e para o contingente britânico desta edição um reforço de peso: a produtura de origem nigeriana Klein, talvez um dos mais destacados nomes emergentes no plano internacional do ano que corre, em estreia absoluta em Portugal. No que diz respeito a músicos nacionais, acolhemos o regresso do guitarrista
Manuel Mota, no seu primeiro solo absoluto em edições do OUT.FEST, bem como a estreia no festival de Polido e dos Gume; já Van Ayres apresenta-se a solo em antecipação do seu novo disco, e André Gonçalves regressa, mais de 10 anos após a sua última apresentação no Barreiro, com dois dos mais interessantes discos de electrónica ambiental do último ano na bagagem.

Por fim, estreia nacional também para a nova colaboração do norte-americano Eric Douglas Porter (aka Afrikan Sciences) com a francesa Gael Segalen – o duo, baptizado Les Gracies, desenvolverá uma residência de recolhas sonoras no território da Baía do Tejo, e terá ainda acesso irrestrito ao arquivo sonoro do projecto Sons do Arco Ribeirinho Sul, integrando os sons da cidade no espectáculo que apresentará.

 O passe global e os bilhetes diários encontram-se à venda na Bilheteira Online, sendo que todas as informações sobre o programa e o festival estão disponíveis em www.outfest.pt

O OUT.FEST tem como principais apoios o Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes, a Câmara Municipal do Barreiro e a Baía do Tejo.

sábado, outubro 01, 2016

Passatempo : Relances oferece 3 livros : " Vencer - citações e pensamentos"



1ª Pergunta -  O autor Paulo Neves da Silva ja escreveu mais de uma dezena de livros de citações, diga o nome de dois desses livros ?

 2ª Pergunta - O grupo Editorial Leya representa 17 editoras, diga o nome de três delas ?


Este livro começara  a ser vendido nas livrarias a partir de 18 de Outubro 2016

Para participarem, os candidatos terão que enviar um email com a resposta às 2 perguntas colocadas, para o seguinte email : claudioanaia@gmail.com. Os vencedores serão os três leitores mais celeres a responder. Os concorrentes apurados serão notificados por email ou por telefone. O livro será enviado por correio.

sexta-feira, setembro 30, 2016

Inovação - O combate ao cancro passa por um laboratório em Oeiras‏



“Um em cada três portugueses nascidos no século XXI terá cancro e muitos morrerão por sua causa”, escreve o patologista Manuel Sobrinho Simões, no livro “O Cancro”, da Fundação Francisco Manuel dos Santos. A citação consta do extenso trabalho que vos trazemos nesta edição da newsletter Inovação, pela mão da Vera Novais.

A Vera passou um dia com os investigadores do Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica (IBET) e, com linguagem acessível, conta-nos como a equipa que a recebeu está a criar modelos tridimensionais que querem imitar um cancro dentro de uma cápsula microscópica. Leia e espreite o que está a ser feito, em Portugal, na área da inovação na luta contra o cancro.

Veja  a noticia completa Aqui : Contra o Cancro

quinta-feira, setembro 29, 2016

Festas indianas em Portugal


A Comunidade Hindu de Portugal, celebra de 1 a 10 de Outubro, o Navratri, um dos principais festivais hindus.

Vão ser  festejas todos os dias  com muita música, danças tradicionais e não vão faltar os paladares da Índia.

Aberto a toda a população.

 Local - Salão de festas CHP, Alameda Mahatma Gandhi, 1600-500 Lisboa

 Bilhetes : 2€/pessoa/noite, 5€/pessoa/3 noites 12€/pessoa/9 noites

Horários: Dias de semana, das 20h30 às 23h00 Sábados e véspera de feriado 04/10 - 20h30 à 1h00 Domingos e feriado (05/10) – 17h00 às 21h00

terça-feira, setembro 27, 2016

Ansiedade…


“Não consigo dominar este estado de ansiedade a pressa de chegar p’ra não chegar tarde” …
 Estou além – António Variações

 A ansiedade não é necessariamente um fenómeno patológico, mas sim uma função natural do organismo, que nos permite estar preparado para responder a uma situação nova ou uma situação que já conhecemos e que sentimos como ameaçadora.

No entanto, quando a ansiedade atinge níveis elevados, de forma prolongada no tempo, sem que haja um estímulo que justifique essa reacção, pode tratar-se de uma situação patológica. Tratar a ansiedade através da Medicina Chinesa não é um processo fácil, contrariamente à ideia generalizada que a acupuntura serve sobretudo para “acalmar”, “relaxar”.

Em primeiro lugar, transtorno da ansiedade é um termo ocidental, descrito na DSM V (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders) como preocupação excessiva, difícil de controlar, medo, inquietação, dificuldade em concentrar-se, irritabilidade, perturbações do sono, entre outros sintomas mais ou menos subjetivos. Em segundo lugar, na literatura oriental não existe ansiedade enquanto patologia, trata-se sim de um sintoma relacionado com um padrão de desequilíbrio do organismo. Em Medicina Tradicional Chinesa tudo está em relação, não existindo separação entre corpo, mente e espírito. A ansiedade é um sintoma, de desarmonia de um dos cinco órgãos principais, que leva ao desequilíbrio dos aspectos mentais desse órgão.

Portanto, tratar um paciente com perturbação da ansiedade implica perceber o que está em desequilíbrio, realizar um diagnóstico preciso e aplicar as técnicas corretas. Logo, não existe um tratamento padrão. A acupuntura tem demonstrado ser bastante eficaz no alívio da ansiedade quando direccionada para o diagnóstico correto.

O que quer dizer que o protocolo de acupunctura para dois pacientes com perturbação da ansiedade pode ser bastante diferente um do outro. Realço ainda que o tratamento pela Medicina Chinesa não oferece curas milagrosas, livrando a pessoa de todas as patologias. Trata-se de um processo gradual e contínuo no sentido de restabelecer o equilíbrio/saúde, para o qual também contribuem outros aspectos do estilo de vida, como a alimentação, a actividade física, aspectos sociais e emocionais.

Ana Sequeira
Especialista em Medicina Tradicional Chinesa

sábado, setembro 24, 2016

Biblioteca de Livros Viajantes - CCB - Inauguração: 29 de setembro – 17h Jardim das Oliveiras



No próximo dia 29 de setembro, quinta-feira, a Fábrica das Artes vai inaugurar a nova Biblioteca de Livros Viajantes, no jardim das Oliveiras, Centro Cultural de Belém - Lisboa

 Esta é uma iniciativa inserida no projeto internacional Little Free Library que funciona sob o sistema “leve um livro, traga um livro”. Mais do que uma simples biblioteca, pode ser um ponto de encontro para a troca de histórias, aventuras, alegrias, tristezas, gostos, desgostos e paixões.

A inauguração será também o momento em que a Biblioteca de Livros Viajantes ganha vida, acolhendo livros que iniciarão aqui sagas e odisseias próprias, quiçá por caminhos nunca antes percorridos. Neste dia, autores convidados estarão presentes para partilhar excertos dos seus livros com os presentes e ajudar a alimentar a biblioteca.

Existem Little Free Libraries em mais de 70 países de todo o mundo, com os mais diversos tamanhos e feitos, sempre com o objetivo de promover a partilha de livros e, consequentemente, o prazer pela leitura. Em Portugal podem encontrar quatro na Madeira, duas no Porto e, a partir de setembro, com a inauguração da nossa Biblioteca de Livros Viajantes, duas em Lisboa.

Venham ler e dar a ler, deitados na relva ou encostados a uma Oliveira. A Fábrica das Artes fornece as mantas, as almofadas, a simpatia e os primeiros livros desta pequena biblioteca.

 Mais informação em www.ccb.pt e www.littlefreelibrary.org.